Crise, agregação de valor e o Brasil

 

A luz está mais próxima do Brasil?

A luz está mais próxima do Brasil?

A partir da crise que mostrou sua cara no segundo semestre de 2008, a inovação entrou definitivamente na pauta das organizações como um caminho claro para a superação desse difícil momento.

Nas conversas com empresários e executivos notamos que, no ambiente das organizações mais competitivas, a crise ainda não causou danos consideráveis, apenas nas expectativas.

Cabe lembrar que, quando olhamos para o Brasil, o novo marco regulatório da área de ciência, tecnologia e inovação (CT&I) já está mais maduro, conhecido e serve como elemento explícito nas políticas públicas de desenvolvimento.

Somos apontados como uma das nações que devem superar a crise com maior facilidade, com base em nosso potencial.

Os instrumentos de apoio ao desenvolvimento de CT&I disponíveis estão cada vez mais dirigidos para as empresas, em completo alinhamento com as tendências internacionais, especialmente nos países da OCDE.

Ou seja, “já fizemos 99%, só falta 99%”.

Nesse momento, é importante monitorarmos os indicadores, ampliarmos os compromissos e a mobilização, e apostarmos na gestão.

Além disso, é hora de entendermos que as commodities representam pouco para a superação de nossos imensos desafios.

É hora de agregarmos conhecimento aos nossos produtos e serviços, em todas as etapas das cadeias de valor.

Algumas possibilidades para trilharmos esse caminho:

  1. Apostar na inovação como mecanismo de incorporação efetiva de valor a partir das atividades intelectuais. Estamos vivendo a sociedade do conhecimento;
  2. Aproveitar a ocasião para realizar reformas modernizadoras, que permitam a diminuição de nossa distância em relação ao mundo desenvolvido;
  3. Incentivar o empreendedorismo como instrumento de geração de oportunidades, ocupação e renda;
  4. Valorizar o desenvolvimento social e a sustentabilidade como elementos prioritários desse processo.

Com a inserção do Brasil no mercado competitivo global, o Brasil pode dar um salto, tendo em vista seu potencial empreendedor-criativo, o que reforça o papel da educação e da cultura.

Você acredita nisso?

Como o Brasil atravessará a crise?

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: